Comitiva sul-africana se interessa por políticas públicas brasileiras na Educação

Delegação estudou hoje no Brasil alternativas para erradicar analfabetismo adulto

Compartilhe
, / 993 0



Redação



Francisco das Chagas Fernandes, secretário de educação básica, encontrou-se hoje, dia 1 de março, com o Comitê Parlamentar de Educação da África do Sul, que veio ao país conhecer os projetos e políticas públicas brasileira para a Educação.




 



A visita foi motivada pelos esforços do Brasil para elevar o nível da educação e de iniciativas para encurtar o tempo de conclusão da educação básica, como o exame supletivo, na África do Sul.



Segundo o chefe da comitiva sul-africana, B.J. Tolo, a educação não preenche as demandas do mercado atualmente. Diz ainda que, na África do Sul, 42% da população adulta é analfabeta, e eles pretendem reverter essa situação com parcerias internacionais.




 



A delegação se interessou por detalhes do financiamento da educação básica, como a composição do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), a distribuição e a utilização dos recursos. O comitê conheceu ainda a Secretaria de Educação Superior (SESu/MEC), os programas da Secretaria de Educação a Distância (Seed/MEC) e da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad/MEC).


Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN