Capes financia ajuda na Educação do Timor-Leste

50 bolsistas que vão para o país em março encontraram-se hoje com Tarso Genro

Compartilhe
, / 825 0





Redação



Cinqüenta pessoas beneficiadas com bolsas de US$ 1.100 da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), mais auxílio-instalação e seguro-saúde, vão para o Timor-Leste no começo de março.



 




O trabalho faz parte do Programa de Qualificação de Docente e Ensino de Língua Portuguesa em Timor-Leste, com o objetivo de alfabetização em massa, universalização do ensino primário, expansão e consolidação da língua portuguesa, promoção do ensino fundamental e capacitação de docentes. Os beneficiados devem atuar na universidade pública do país, ligados também ao Instituto de Estudos Continuados e à Direção Geral de Educação do Timor-Leste.




 




Hoje, dia 21, estiveram com o ministro da Educação, Tarso Genro, para receber informações sobre o país visitado e o trabalho a ser feito, e também assistiram a uma palestra da professora de antropologia da UnB (Universidade de Brasília), Kelly Cristiane da Silva, sobre a realidade do Timor-Leste.




 



A Capes financiará um ano de trabalho dos cinqüenta bolsistas. No final deste tempo, o prazo poderá se estender por mais um ano.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN