Britânica defende educação para meninas e ganha “Nobel”

Wise Prize For Education 2014 foi entregue à educadora Ann Cotton por tirar meninas do ciclo de pobreza na África

Compartilhe
, / 1037 0

A fundadora e presidente da organização internacional Camfed (Campanha para a Educação Feminina), Ann Cotton, recebeu nesta semana o 2014 WISE Prize, conhecido como o “Nobel” da Educação. Oferecido pela Fundação Qatar, o prêmio foi entregue à educadora britânica na última terça-feira (4) em Doha, no Qatar.

Desde 1993, ano em que foi fundada, a organização de Ann Cotton é voltada à educação de meninas em países africanos. Em conjunto com as comunidades, a educadora busca tirar meninas do ciclo de pobreza por meio da educação. A organização também foca na redução do casamento infantil e no combate às altas taxas de natalidade e de HIV/Aids entre os jovens.

Hoje, a Camfed atua em 115 distritos rurais do Zimbábue, Malawi, Zâmbia, Gana e Tanzânia, países nos quais mais de três milhões de crianças e jovens foram beneficiados pela organização.

O WISE Prize concede, anualmente, uma medalha e 500 mil dólares ao vencedor. Na edição de 2013, Vicky Colbert foi premiada por seu trabalho no projeto Escuela Nueva, na Colômbia.

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN