Acordos com ONU prevêem ajuda do Brasil em projetos de alimentação escolar

Objetivo é auxiliar países em desenvolvimento, como Haiti, Angola e Moçambique

Compartilhe
, / 970 0



Em comemoração ao Dia Mundial da Alimentação e aos 60 anos da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO/ONU), o governo brasileiro assinou, nesta segunda-feira, 17, dois documentos.



 




O primeiro é um memorando que pretende usar o modelo do
Programa Nacional de Alimentação Escolar

(Pnae) do Brasil em países em desenvolvimento, a começar pelo Haiti. O segundo é uma nota de intenções, pela qual nos comprometemos a cooperar na implementação de programas de alimentação escolar em Angola, Moçambique e Cabo Verde.




 




O MEC também ajudará na formação de monitores de alimentação escolar nesses países, que atuarão como multiplicadores dos conhecimentos. O objetivo é formar equipes capacitadas em gestão, transparência e controle social, produção de refeições saudáveis para atender a clientela escolar, noções de higiene pessoal, higiene dos alimentos e promoção da saúde.




 




Para mais informações sobre o memorando,



clique aqui



, e sobre a nota de intenções,



clique aqui



.




 




(Fonte: MEC)



Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN