A poesia cantada de Cazuza

Grandes nomes da literatura brasileira, como Clarice Lispector e Guimarães Rosa, já foram temas de exposições memoráveis no Museu da Língua Portuguesa, em São …

Compartilhe
, / 1161 0






Grandes nomes da literatura brasileira, como Clarice Lispector e Guimarães Rosa, já foram temas de exposições memoráveis no Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo. Mas agora as atenções estão voltadas para um ícone popular: o músico, cantor e compositor Cazuza. Passados mais de 20 anos de sua morte, o artista que marcou época com sua irreverência e rebeldia continua a inspirar as novas gerações e, por isso, tem sua obra revisitada nesta bela mostra.


Como já se tornou tradição no museu, o visitante que conferir Cazuza mostra sua cara sairá de lá com a sensação de ter sido tragado pelo universo do cantor. O efeito é possível graças à utilização de recursos audiovisuais, que tornam a experiência rica e altamente atrativa para jovens e adultos. Em uma das salas, por exemplo, o público percorre um corredor de espelhos onde são projetados, de forma rotativa, trechos de várias músicas. A ideia aqui é simular um mergulho na mente do carismático artista.


Em outro espaço são empregadas animações para traçar um paralelo entre seis momentos da vida do cantor e a história brasileira. Há também programas para desvendar a estrutura poética das músicas e até uma viagem por livros cenográficos gigantes sobre os quais são projetadas palavras-chave extraídas da obra de Cazuza.  


CAZUZA mostra sua cara
Até 23 de fevereiro de 2014
Museu da Língua Portuguesa
Praça da Luz, s/nº, Centro, São Paulo
Ingressos: R$ 6 (inteira) e R$ 3 (estudantes, pessoas com 60 ou mais e aposentados)
Terça: das 10h às 22h (última entrada às 21h) e de quarta a domingo, das 10h às 18h (última entrada às 17h)
Aos sábados, a entrada é gratuita
Informações: museu@museulp.org.br ou
(11) 3322-0080

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN