A caminho do emprego

Com oficinas e seminários, estudantes da FAE orientam o jovem carente a conseguir um espaço no tão concorrido mercado de trabalho por Juliana Duarte …

Compartilhe
, / 793 0

Com oficinas e seminários, estudantes da FAE orientam o jovem carente a conseguir um espaço no tão concorrido mercado de trabalho

por Juliana Duarte

180_42O nome da iniciativa repre­senta claramente seus objetivos: Projeto Caminhos. A ideia é dar um rumo à vida de jovens carentes de 16 e 17 anos de São José dos Pinhais (PR) – e a melhor maneira de alcançar essa meta é prepará-los para o mercado de trabalho. O programa, realizado pela Faculdade FAE da cidade, começou em 2012 depois de um pedido feito pela Vara da Infância e Juventude local. “Eles nos procuraram, pois queriam auxiliar os adolescentes abrigados em uma instituição de assistência social. Passamos a orientá-los na busca de um emprego e consequentemente de uma vida melhor, já que ao completarem 18 anos devem deixar o abrigo”, comenta a professora Andrea Bier Serafim, coordenadora do projeto ao lado do docente Ricardo Lemes da Rosa.

A partir daí, a instituição de ensino fez parcerias com empresas da região para que os jovens atendidos pudessem ter mais chances de conseguir uma vaga de estágio depois de passarem pelas orientações. “Nossa tarefa é ajudar no desenvolvimento de competências técnicas, habilidades e atitudes. Elaboramos tudo com um único intuito: deixá-los prontos para o mercado”, afirma.

Sob a orientação de dez professores, seis estudantes matriculados nos cursos de administração, tecnologia em redes de computadores e direito elaboram e são os responsáveis pelas oficinas, que acontecem nas salas de aula e nos laboratórios de informática da instituição.

Diversos temas são trabalhados nos encontros, entre eles sexualidade, etiqueta no trabalho e no uso da internet, noções de finanças pessoais e desenvolvimento de competências (relacionamentos interpessoais, empatia, liderança e organização). “Além disso, também ensinamos a usar planilhas eletrônicas e editor de textos e orientamos o desenvolvimento de apresentações gráficas”, diz Andrea. Também faz parte das oficinas um ciclo de visitas técnicas a empresas da região, o que inclui palestras com gestores e proprietários. “Em todos os momentos em que temos contato com jovens, destacamos a importância do aprendizado para atingir determinado objetivo, mesmo que o começo seja difícil”, destaca a coordenadora.

Raio X
Projeto Caminhos da FAEData de início do projeto: 2012
Número de jovens atendidos: 20
Faixa etária dos jovens: 16 e 17 anos
Estudantes carentes que conseguiram emprego: 3
Alunos da FAE envolvidos: 6
Professores envolvidos na iniciativa: 12

 

Comentários

comentários

PASSWORD RESET

LOG IN